Pesquisar neste blogue

Entre parênteses

Meninas deu-me a idiotice total. Enfim... O que posso eu dizer? Passei-me! Eu sou daquele género de pessoas que ADORA filmes de terror; adora, salvo seja... adora até chegar à noite e ter de apagar as luzes e tentar dormir (sim, tentar, porque vá-se lá saber porquê - coincidencia, está claro - quando me deito na caminha e apago as luzes depois de ver um filme de terror dá me uma insónia "des[                   ]te" tamanho). Mas estava eu a dizer, eu sou daquele tipo te pessoas que gosta de se torturar até as unhas já não existirem com o "suspense" de um bom filme de terror. Claro que, para conseguir ver um filme de terror, tenho de estar na companhia de uma almofada (bem resistente) e, já agora, de alguém em quem possa ferrar as unhas. E, como não podia deixar de ser, também sou daquele típico grupo de pessoas que fala com a personagem principal: "não, parva, não vás por aí! epah deves tar com uma vontade que ele te mate... não, não, não! mas para que é que entraste?! o outro já morreu, sai daí burra!" (e por aí continuaria mas acho que já perceberam o que eu quero dizer).
Agora que já têm uma ideia aproximada do meu "kind of person", vou contar-vos o que hoje me apeteceu fazer. Bom, quando chegam as férias gosto sempre de aproveitar para ver os filmes que não consegui ver durante as aulas. Ontem o meu irmão e eu pusemo-nos a ver trailers de filmes de terror... Claro que isso gerou em mim uma vontade "des[                                                      ]te" tamanho de ver um filme do género. Hoje estava aqui sozinha sem ter nada para fazer quando tomei a radical decisão de me pôr a ver "O orfanato". Não é propriamente atual, mas ouvi dizer que é muito bom. Olhem, não sei se é assustador ou não: parei nos 15:46 minutos do filme quando tive uma visão: eu, logo à noite, na cama a pensar na criancinha com o saco na cabeça (que ainda nem sequer apareceu no filme, só sei que vai aparecer porque a vi a olhar para mim num artigo que li há uns tempos sobre o filme). E o pior de tudo é que estou (estava, já lá vou outra vez -  porque estou morta para dizer ao meu irmao que ja vi o filme ahahahahahah) a ver o filme no pc. Resultado: a história passa-se toda demasiado perto de mim para o meu gosto. Mas pronto, vou-me recompor, vou abrir novamente o outro separador, vou clicar no play e vou continuar a ver o dito cujo. É melhor ir buscar uma almofada.

Pronto... Estou agora nos 19:12 minutos. Tinha de vir cá acrescentar isto: mas é claro que este filme tinha de ter uma velhota assustadora e portas a abrirem-se e a fecharem-se sozinhas! O que é que me passou pela cabeça para pensar que não, que este até era um filme calminho? As críticas são boas, é obvio que é suposto eu ficar sem unhas!

XoXo

3 comentários:

Cat, a Framboesa disse...

Eu sou tal e qual com os filmes de terror! Ainda este fim de semana vi um... The Women in Black... Rsss

Maria! disse...

ahahahah exactamente como eu.
Quando estou a ver no pc tenho de parar de vez em quando, se não morro de ataque cardíaco ^^

Make it possible. disse...

ahahahahah fico muito contente por saber que nao sou a unica! :D parei milhares de vezes durante o filme kkk beijinhos ziras!